Espanha vence em Jogo dramático contra Portugal

Xabi Alonso na partida da Espanha contra Portugal (Foto: AFP)A Espanha terá a oportunidade de fazer história na Eurocopa. Nesta quarta-feira, em Donetsk, na Ucrânia, a Fúria venceu Portugal por 4 a 2, nos pênaltis, e se garantiu na final do torneio pela segunda vez consecutiva. No tempo normal, empate por 0 a 0. Caso conquiste a taça, a seleção será a primeira a conquistar o bicampeonato da competição. O adversário da atual detentora da taça sairá do duelo entre Itália e Alemanha, que vão se enfrentar nesta quinta-feira, às 15h45m (de Brasília), em Varsóvia, na Polônia.

Vale ressaltar que o vencedor do confronto entre alemães e italianos já estará classificado para a Copa das Confederações do ano que vem, que será disputada no Brasil. Desde 2008, a Espanha só ficou fora da final de uma competição que disputou: a Copa das Confederações de 2009, disputada na África do Sul. De lá para cá, o time figurou nas decisões da última edição da Eurocopa e da Copa do Mundo de 2010. Nas duas, a equipe ficou com o troféu.

Mercosul suspende participação do Paraguai em reunião

El presidente Federico Franco, en Palacio de Gobierno. Foto: José Molinas.

El presidente Federico Franco, en Palacio de Gobierno. Foto: José Molinas.

O Mercosul suspendeu neste domingo (24) a participação do Paraguai na Reunião de Cúpula de presidentes programada para a próxima semana na cidade argentina de Mendoza.

O anúncio foi divulgado pelo governo argentino, que possui a presidência rotativa do Mercosul, em comunicado à imprensa divulgado no site do Ministério de Relações Exteriores da Argentina. O Itamaraty confirmou ao G1, por meio da assessoria, que a decisão foi acordada entre os países membros e que a nota foi redigida neste domingo.

Segundo o texto, o bloco decidiu “suspender o Paraguai, de forma imediata e por este ato, do direito de participar da XLIII Reunião do Conselho do Mercado Comum e Reunião de Cúpula de Presidentes do Mercosul, bem como das reuniões preparatórias”. A decisão ocorre devido ao impeachment do presidente Fernando Lugo, que teve o mandato cassado na sexta-feira (22) em um processo de menos de 36 horas.

Conforme a nota, Argentina, Brasil, Uruguai, Venezuela, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru decidiram de forma conjunta suspender a participação do Paraguai na reunião de presidentes, que ocorre entre 25 e 29 de junho, diante da “ruptura da ordem democrática no Paraguai”.

Marinha reforça segurança na orla para a Rio+20

Embarcação patrulha, na manhã deste sábado (16) as orlas de Ipanema e Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Até dia 22, lanchas, navios e barcos vão reforçar a segurança da orla marítima carioca para a conferência Rio+20. A Marinha também terá 3.200 militares e seis aeronaves (Foto: Marcos Estrella/TV Globo)Embarcação patrulha, na manhã deste sábado (16) as orlas de Ipanema e Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Até dia 22, lanchas, navios e barcos vão reforçar a segurança da orla marítima carioca para a conferência Rio+20. A Marinha também terá 3.200 militares e seis aeronaves (Foto: Marcos Estrella/TV Globo)

De acordo com a Marinha, a maioria das 26 embarcações utilizadas na segurança tem médio porte, mas a corporação conta com uma corveta e uma fragata (Foto: Marcos Estrella/TV Globo)De acordo com a Marinha, a maioria das 26 embarcações utilizadas na segurança tem médio porte, mas a corporação conta com uma corveta e uma fragata (Foto: Marcos Estrella/TV Globo)

QUEM VAI SORRIR? Companheiros, técnicos e dirigentes falam de Neymar e Messi, astros do Brasil x Argentina. Assista hoje, ao vivo, às 16h

quem vai Sorrir? (Editoria de Arte / Globoesporte.com)

Seja um companheiro ou o treinador, os nomes de Neymar e Messi sempre estão presentes nas perguntas da imprensa ou num elogio ao adversário. Mano Menezes falou de Messi, de Neymar… Alejandro Sabella também. Elogios para um lado… Mais elogios para o outro.

– Neymar pode decidir o jogo – elogiou Sabella.

Mano não ficou atrás.

– Messi é um jogador que a qualquer momento pode fazer algo diferente.

A Argentina não tem Messi? Ele pode resolver? Pode. Mas nós temos o Neymar”

José Maris Marin, presidente da CBF

E assim por diante… Enquanto defensores temem encarar os dois, companheiros de ataque sonham atuar lado a lado com eles. Os argentinos gostam de lembrar de Messi como o melhor do mundo. Aliás, não apenas o atual craque do planeta, mas o dono das três últimas bolas de ouro dadas pela Fifa, entidade máxima do futebol mundial.

montagem Neymar Messi Brasil x Argentina (Foto: Editoria de Arte)

Companheiro de Messi na seleção argentina e no Barcelona, Mascherano nem quis saber de conversa ao falar do companheiro e ainda espetou Neymar.

– Eu gosto do que faz Leo (Messi). Alguns jogadores não precisam fazer firulas para mostrar o que são – afirmou o jogador, referindo-se ao passe de costas que o jogador brasileiro na goleada de 8 a 0 sobre o Bolivar na Libertadores.

Do lado de Neymar não é diferente. O craque do Santos ainda não foi eleito o “dono” do mundo. Mas é o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro. O camisa 11 conquistou em seus três anos como profissional cinco títulos (três Paulistas, uma Copa do Brasil e uma Libertadores).

Mas os companheiros do brasileiro não têm como falar mal do ídolo rival, como fez Mascherano com Neymar. Os brasileiros elogiam o astro da Seleção, mas também se derretem ao falar do argentino. Bruno Uvini, que pode ser titular neste sábado caso Thiago Silva seja vetado pelo departamento médico, mostrou respeito ao falar do Hermano.

– É o melhor jogador do mundo. O Messi teve muita liberdade em alguns jogos que eu assisti, e ele não pode ter tanta liberdade sendo o melhor jogador do planeta.

Messi Neymar jogo Barcelona Santos (Foto: AFP)Messi e Neymar: último encontro foi na final do
Mundial de Clubes, disputado no Japão (Foto: AFP)

Companheiro de ataque de Neymar na seleção brasileira, Damião não pensou duas vezes em falar do amigo.

– O Neymar é titular em qualquer clube do mundo. Não tem discussão.

Até mesmo o presidente da CBF, José Maria Marin, entrou na discussão sobre Messi e Neymar. Para o dirigente, não tem melhor ou pior.

– A Argentina não tem Messi? Ele pode resolver? Pode. Mas nós temos o Neymar (risos) – disse o mandatário na véspera do confronto deste sábado.

O duelo entre Neymar e Messi ou Brasil e Argentina será transmitido ao vivo pela TV Globo, Sportv e GLOBOESPORTE.COM. O site também acompanha a partida em Tempo Real.

Após sofrer bullying, engenheiro do RJ perde 24 kg em seis meses

Rian Barreto - VC no Bem Estar (Foto: Arte/G1)

O engenheiro de produção Rian Barreto, de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, já foi uma criança sedentária e um adolescente gordinho. Atualmente, aos 26 anos, com 24 kg a menos na balança, é membro de uma equipe de corrida e se prepara para um desafio de 5 km que acontece neste mês, no Rio.

Toda essa mudança começou em agosto de 2010, quando ele procurou uma academia decidido a perder peso.

“Tive uma dor de cabeça insuportável e minha pressão chegou a 23. O médico não acreditou quando viu e eu fiquei muito preocupado, sabia que não estava no caminho certo”.

Rian se mudou para Teresópolis, começou a trabalhar e morar sozinho e, com a mudança de rotina, vieram os quilinhos a mais. “Eu não sabia cozinhar então comia fora só fritura, doce e aquelas comidas industrializadas”, lembra.

Além da academia, toda a alimentação do engenheiro mudou. “O mais difícil foi o começo porque eu sentia muita fome e muita vontade de comer todas as coisas que eu comia”, avalia. Viciado em refrigerante, Rian teve que se conscientizar e eliminar a bebida do cardápio. O vício, então, passou a ser os sucos.

“Eu nem sabia o que era água, acordava e já tomava refrigerante. Hoje, só como biscoitos e pães integrais, tirei o presunto e coloquei o peito de peru, troquei a mussarela pelo queijo branco e comecei a comer grelhados também”, conta. O engenheiro também adotou a regra de comer de 3 em 3 horas e, para preencher aqueles horários difíceis, passou a levar frutas para o trabalho.

Rian Barreto - VC no Bem Estar (Foto: Arquivo pessoal)

O engenheiro perdeu 24 kg em seis meses: com o emagrecimento, melhorou a confiança, a saúde e a  disposição (Foto: Arquivo pessoal)

Eu nem sabia o que era água, acordava e já tomava refrigerante”

Rian Barreto

Na academia, junto com a musculação, ele começou a correr na esteira para perder calorias. “Enjoei da esteira e resolvi correr na rua. Acabei me acostumando e gostei”, diz.

Rian gostou tanto da corrida na rua que hoje, membro da equipe de corrida da academia que frequenta, treina pesado para participar de maratonas e circuitos pela cidade. “Fiz o tempo de 21 minutos e 44 segundos num percurso de 5 km e fui classificado para o pelotão de elite, que sai na frente na largada. É o primeiro grupo da equipe”, comemora.

A CAPITAL DO NORDESTE SE RENDE À TECNOLOGIA

recife

25recifefredhenrique-vert

Capital do Nordeste, cidade Maurícia ou Veneza brasileira, essas são as várias denominações que a cidade do Recife recebe pela sua mistura eclética e histórica nacional. Uma cidade que teve da cana de açúcar a alavanca necessária para o desenvolvimento econômico, hoje é destaque no cenário internacional em fabricação e desenvolvimento de softwares. Destaca-se por possuir o maior parque tecnológico do Brasil, o Porto Digital; o maior número de consulados estrangeiros fora do eixo Rio-São Paulo, sendo inclusive a única cidade, com exceção de São Paulo e do Rio de Janeiro, que tem consulado dos Estados Unidos; o mais importante polo médico do Norte/Nordeste; o maior PIB per capita entre as capitais da Região Nordeste; uma forte indústria de construção civil: a cidade detém grande número de arranha-céus em comparação a outras capitais do país; e sua região metropolitana, o Complexo Industrial de Suape, que abriga, entre outros empreendimentos, o maior estaleiro do Hemisfério Sul.

Recife é uma cidade que engloba ótimas Universidades como a UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) e a UNICAP (Universidade Católica de Pernambuco), além de ter diversos shopping centers espalhados por toda cidade.

O Recife é berço de escritores, poetas, músicos e vários artistas de muitas formas de expressão. Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto e Carlos Pena Filho são nomes da poesia do Brasil que retrataram o Recife em suas obras. Além da poesia, surgiram no município nomes como Nélson Rodrigues e Gilberto Freyre na literatura, Lenine, Antônio Nóbrega, Robertinho do Recife e Reginaldo Rossi na música, Francisco Brennand, Vicente do Rego Monteiro e Lauro Villares nas artes plásticas, dentre outros.

O município abriga vários museus, centros culturais como por exemplo o Caixa Cultural, Centro Cultural dos Correios e o Centro Cultural Banco Real e instituições voltadas para a promoção de ações artísticas e culturais tais como a centenária Academia Pernambucana de Letras, Academia de Artes e Letras de Pernambuco e o Instituto Ricardo Brennand, um dos mais importantes museus do Brasil, que abriga importante coleção de armaria, gravuras e outras obras de arte abrangendo o período entre a Idade Média e o fim das Invasões holandesas do Brasil, Destacam-se a maior Coleção de pinturas de Frans Post do mundo e as Armaduras Medievais.

Entre os museus têm destaque o Museu do Estado de Pernambuco, que guarda acervo histórico sobre o estado e a cidade, o Museu da Cidade do Recife, que, instalado no Forte das Cinco Pontas, conta boa parte da história do Recife, o museu do Memorial da Justiça, instalado na antiga estação de trem do Brum, o Museu do Homem do Nordeste (idealizado por Gilberto Freyre), e o Museu da Abolição, que foi criado em 1957 pelo governo federal para contar a história dos escravos no Brasil e a abolição.

O Teatro de Santa Isabel é o principal teatro do Recife, compondo importante conjunto arquitetônico e paisagístico na Praça da República com Palácio do Campo das Princesas, Palácio da Justiça e o Liceu de Pernambuco.

O Frevo surgiu no município há mais de cem anos e durante o Carnaval do Recife é o ritmo musical mais comum com blocos como o Galo da Madrugada.

329105625_1df6de8270_b

O Recife foi eleito por pesquisa encomendada pela MasterCard Worldwide como uma das 65 cidades com economia mais desenvolvida dos mercados emergentes no mundo. Apenas cinco capitais brasileiras entraram na lista: São Paulo, que foi a cidade brasileira mais bem colocada, na 12ª posição; Rio de Janeiro (36ª posição); Brasília (42ª); Recife (47ª); e por último Curitiba (49ª). Xangai e Pequim, na China, ocuparam as duas primeiras posições. Para compor o índice que elegeu as cidades com economia mais avançada nos mercados emergentes, foram considerados o ambiente econômico e comercial; crescimento e desenvolvimento econômico; ambiente de negócios; ambiente de serviços financeiros, conectividade comercial; conectividade de educação e TI; qualidade de vida urbana; risco e segurança.

Veja a seguir mais fotos do Recife:

Foto_bairro_recife_sinalizada

pontemnassaudsc01633

pontebmmndsc05782

pontedcoelhodsc01490

EXCLUSIVO PORTAL DO 3ºB – COM INFORMAÇÕES DA WIKIPEDIA E GOVERNO DO RECIFE.

LOGO BETA

Brasil campeão mundial da copa sub-20 da Colômbia!

Desde 2003 o Brasil não era campeão mundial de nenhuma categoria de futebol –principal, de base ou feminino. O jejum era de 18 torneios sem conquistas. O incômodo período sem gritar é campeão terminou na noite deste sábado, quando a equipe bateu Portugal na prorrogação por 3 a 2, na reedição da final do Mundial de 1991 –quando os lusos venceram nos pênaltis.

Agora o Brasil chega ao seu quinto título, diminuindo assim a distância para a Argentina. Depois de sair na frente, a seleção tomou a virada, empatou quase no fim do segundo tempo e marcou seu gol do título com Oscar, autor dos três tentos brasileiros, aos 7min do tempo extra.

O Brasil começou o jogo, que ocorreu em Bogotá (Colômbia), tentando cadenciar a partida através do toque de bola. Portugal, defesa que não havia sido vazada até então, ficava especulando na zaga, à espera de um contra-ataque para abrir o marcador. Mas um lance fortuito seria o responsável pelo primeiro gol da final.

Negueba (esq.) e Oscar comemoram um gol contra Portugal, na final do Mundial sub-20Negueba (esq.) e Oscar comemoram um gol contra Portugal, na final do Mundial sub-20

Depois de igualar o marcador, o Brasil voltou a ter confiança e pressionou Portugal, mas não teve chances claras para marcar e evitar a prorrogação. No tempo extra, a partida continuou extremamente equilibrada.

No primeiro tempo a melhor chance foi de Portugal, quando Caetano aproveitou mais uma falha da defesa improvisada do Brasil, saiu na cara de Gabriel e tentou o toque por cobertura. Mas o arqueiro brasileiro se redimiu da falha no segundo gol português e evitou o que seria o terceiro tento lusitano.

Aos 7min do segundo tempo da prorrogação, Oscar, mais uma vez em um lance fortuito, marcou o gol do título brasileiro. O meia tentou cruzar, mas a bola foi direto para o gol e entrou no ângulo de Mika. Brasil 3 x 2 Portugal.

O time canarinho, mostrando que gosta de fortes emoções, perdeu a chance de matar a partida aos 13min. Dudu avançou pela esquerda e serviu Henrique, mas o camisa 19, um dos artilheiros do torneio, com cinco gols, desperdiçou uma oportunidade incrível, cara a cara com o goleiro Mika. Mas esse vacilo não impediu que o time alcançasse o quinto título da Copa do Mundo sub-20.

FOLHA E PORTAL DO 3ºB

Inter luta, mas perde para o Barça nos pênaltis e não decide a Copa Audi

Barça chegou a ter 69% da posse de bola, mas cedeu empate e só venceu nos pênaltis

Bem que o Internacional tentou, mas não conseguiu repetir 2006 e vencer o Barcelona. O colorado chegou a arrancar o empate no tempo normal, 2 a 2, com gols de Nei e Leandro Damião. Mas nos pênaltis, o centroavante e o jovem Zé Mário erraram as cobranças e a equipe espanhola venceu: 4 a 2. O resultado tira o Inter da decisão da Copa Audi, nesta quarta. Agora, a equipe dirigida interinamente por Osmar Loss aguarda o perdedor do jogo Bayern de Munique e Milan para conhecer seu adversário

Os espanhóis começaram com apenas três titulares, mas seguiram com o padrão já tradicional. Assim, dominaram as ações e empilharam chutes contra Muriel. O Inter ficou tímido. Mas se liberou na etapa final. Também pelas entradas de mais jovens na formação de Pep Guardiola.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
7 min – Andrezinho faz combinação com D’Alessandro e arrisca de fora da área. Por cima.
14 min – GOOL DO BARCELONA! Thiago completa para o gol após jogada ensaiada.
16 min – Soriano fica com o rebote e manda forte. Bola explode na trave direita e não entra.
SEGUNDO TEMPO
1 min – D’Alessandro lança Leandro Damião, mas camisa nove fura em bola e perde a chance.
9 min – GOOOL DO INTER! Damião divide com Pinto e a bola sobra para Nei; lateral bate forte.
18 min – GOOL DO BARCELONA! Dos Santos recebe na grande área, livre, e chuta no canto de Muriel.
39 min – GOOL DO INTER! Damião sobe de cabeça, ganha da zaga do Barça, e empata.

O Inter até deu o primeiro chute a gol do jogo. Mas foi só. Em todo o restante do primeiro tempo, foi o Barcelona quem ficou com a bola. Segundo dados da organizadora do torneio, os espanhóis acumularam 69% de posse. E assim, tiveram mais chegadas ao ataque. Tanto que marcou aos 14 minutos, com Thiago Alcântara, após cobrança de falta ensaiada.

A superioridade, mesmo com tantos jogadores do time B e outros que não são titulares rendeu inúmeros chutes. Logo depois do gol, Soriano acertou a trave direita. E mais tarde Afellay só não marcou pela boa defesa de Muriel. Iniesta foi o centralizador das investidas. E na defesa, Busquets – improvisado, nem teve trabalho. Também em virtude da formação colorada, que só começou com um atacante.

Na etapa final, Pep Guardiola fez sete trocas. E o Inter uma – a entrada de Ricardo Goulart. Mas a principal mudança foi na atitude. Logo de cara, Damião teve a chance para arriscar, mas errou em bola. Com mais vontade, maior atenção ao ataque, o colorado foi chegando.

E aos nove minutos, o reflexo: Leandro Damião trombou com Pinto e Nei ficou a sobra. O lateral-direito bateu colocado e marcou. Curiosamente, o camisa quatro reviveu o roteiro do Inter no último confronto com os catalães. Tal qual em 2006, quando Adriano Gabiru fez, o gol vermelho saiu dos pés de um jogador criticado pela torcida.

A reação não foi capaz de abalar o Barça. Retomando o plano de troca de passes e movimentação intensa, a equipe de Guardiola voltou ao ataque. Aos 19 minutos, Dos Santos foi lançado no meio da defesa do Inter e só teve o trabalho de deslocar o goleiro.

Só que antes do apito final, Pinto errou muito. Primeiro deu a chance para Damião quase marcar. Só não fazendo pela presença de Abidal, em cima da linha. No minuto seguinte, o camisa nove subiu de cabeça e marcou o empate.

Nos pênaltis, Leandro Damião bateu muito forte e errou. Logo depois dele, o lateral Zé Mário também não acertou o alvo. No lado do Barcelona, Jeffren não converteu, com defesa de Muriel. Mas faturou a vitória com o placar de 4 a 2.

BARCELONA 2 (4) x 2 (2) INTERNACIONAL

Barcelona

Valdes (Pinto); Riverola (Balliu), Sergio Busquets (Armando), Fontàs (Rossel) e Maxwell (Abidal); Keita (Espinosa), Iniesta (Dos Santos), Thiago (Carmona) e Cuenca (Jeffren); Afellay (Pedro) e Soriano (Villa)

Técnico: Pep Guardiola

Internacional

Muriel; Nei (Zé Mário), Bolívar, Rodrigo Moledo e Kleber; Elton (R. Goulart), Bolatti (Glaydson), Tinga (Wilson Matias), Andrezinho e D’Alessandro (João Paulo); Leandro Damião (Lucas Roggia)

Técnico: Osmar Loss

Data: 26/07/2011 (terça-feira)

Local: estádio Alianz Arena, em Munique (ALE)

Árbitro: Feliz Brych (ALE)

Cartões amarelos: Rodrigo Moledo (INT), Busquets (BAR), Tinga (INT)

Gols: Thiago, aos 14 minutos do primeiro tempo; Nei, aos 9 minutos, Dos Santos, aos 18 minutos, e Leandro Damião, aos 39 minutos do segundo tempo.

UOL ESPORTE

Brasil encerra na liderança dos jogos mundiais militares

Festa no estádio do Engenhão encerrou os Jogos Militares neste domingo (24) (Foto: Divulgação)

 

Do R7, com Gazeta Press

A estratégia de tomar “emprestados” alguns dos melhores atletas do país deu certo: encerrada neste domingo (24), a 5ª edição dos Jogos Mundiais Militares, realizada na cidade do Rio de Janeiro, teve o Brasil como a nação mais vitoriosa.

Com 114 medalhas, os donos da casa superaram a força da China, que, com 99, precisou se conformar com o segundo lugar. Os brasileiros subiram ao pódio 45 vezes para receber o ouro, 33 para receber a prata e 36 para o bronze.

Entre os destaques, estão os cinco ouros de Gabriel Mangabeira na natação, os primeiros lugares em todas as modalidades do vôlei e a conquista do futebol feminino, campeão invicto.

Outro ponto alto ficou por conta do boxeador Gidelson de Oliveira, o Caveirão, que venceu sua luta final da categoria superpesado (+ 91kg) no sábado (23) tendo a mão fraturada.

Muito abaixo de Brasil e China em número total de medalhas veio a Itália, no terceiro lugar, com 14 ouros, 13 pratas e 24 bronzes. Polônia e França completam o grupo dos cinco primeiros países mais vitoriosos na 5ª edição dos Jogos Mundiais Militares.

Para ter um bom desempenho no Rio de Janeiro, o Brasil contou com uma série de atletas que não são militares de carreira, como o próprio Mangabeira, Jadel Gregório, Keila Costa e Luiza Almeida.

A Record transmitirá os Jogos Olímpicos de Londres-2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet. A emissora também detém os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de 2011 (Guadalajara) e 2015 (Toronto), e da Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.