Santa Maria: comerciante recebe nota manchada de fuligem que estava em bolso de vítima de incêndio

Roberto Weigert Ferreira mostra a nota manchada

O comerciante Roberto Weigert Ferreira, de 54 anos, dono de um restaurante no centro de Santa Maria, estranhou quando recebeu uma nota de R$ 50 com uma grande mancha escura de um cliente. “O senhor veio da guerra?”, perguntou, brincando. “Não, essa nota estava no bolso do meu filho que morreu na boate”.

– Ontem (terça-feira) mesmo, uma enfermeira com 20 anos de profissão almoçou aqui e disse que nunca viu nada igual. No dia da tragédia, ela tirou um pai de cima de um filho morto no acidente. Quando viu, o outro filho estava morto, ao lado – disse Roberto.

No restaurante, o ambiente não é o mesmo. Na entrada, há um cartaz de luto que diz: “Santa Maria chora… Luto pelas vítimas do incêndio na boate Kiss!”. Quando apareciam notícias da tragédia na TV, os clientes esqueciam os pratos sobre a mesa e concentravam todas as atenções para as informações.

– Santa Maria não é mais a mesma. O pessoal está mais quieto – observou o comerciante.

EXTRA

Anúncios

faça já seu COMENTÁRIO!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s