São João movimenta R$ 300 mi só nas 2 maiores festas do Nordeste

São João em Caruaru, Pernambuco

De festa de rua a uma indústria que fatura milhões e atrai turistas de todo o país. Assim pode ser descrita a mudança nas festas de São João no Nordeste. Embalados pelo bom momento econômico da região, os festejos juninos do interior surpreendem com suas estruturas grandiosas, patrocínios das maiores empresas do país e hotéis lotados de turistas.

O resultado dessa combinação, ao ritmo do forró, é uma movimentação de dinheiro cada vez maior nas cidades-polo dos festejos.

As duas cidades que disputam o posto de maior festa são Caruaru (PE) e Campina Grande (PB). Juntas, as duas promovem festas durante todo o mês de junho, recebendo, no total, público superior a 3 milhões de pessoas. Os dois municípios cidades devem movimentar cerca de R$ 320 milhões e criar até 25 mil empregos temporários, diretos e indiretos, segundo estimativas dos organizadores.

O São João deixou de ser uma simples festa para atrair grandes empresas e marcas, que aproveitam a ocasião para distribuir brindes e realizar ações de marketing.

Grandes redes de restaurantes também montam unidades temporárias no meio da festa, em busca do público das classes A e B que visita os locais.

Para atrair os turistas, os organizadores abrem mão da exclusividade do forró e contratam nomes consagrados –na lista deste ano, por exemplo, estão o sertanejo Michel Teló e a banda baiana Chiclete com Banana.

Anúncios

faça já seu COMENTÁRIO!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s