TUDO NA HORA DA MORTE: Na Rio+20, comida e bebida são vendidas a preços internacionais

Hora do almoço na Rio+20. Enquanto os estrangeiros formam longas filas em frente a uma barraca de comida oriental, outros param para provar uma cerveja artesanal que está sendo distribuída.

Os brasileiros, por sua vez, se confundem com os preços das coisas. Uma lata de refrigerante quente não sai por menos de R$ 5.

Os preços parecem ter sido convertidos todos para dólar –mas esqueceram de mudar a moeda– e costumam surpreender os clientes nas filas da praça de alimentação. Um prato de comida está ao redor dos R$ 35.

Almoço terminado, é hora de ir para o sul do país ou para o nordeste. Dependendo da sessão que você quer ver.

No pavilhão destinado à imprensa precisa de uma blusa leve. Nos auditórios dos eventos paralelos, o melhor mesmo seria se todos estivessem de roupa de praia.

EDUARDO GERAQUE
ENVIADO ESPECIAL AO RIO

Anúncios

faça já seu COMENTÁRIO!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s