Brasil atropela o Canadá e ganha moral para ‘decisão’ contra a Polônia

Foi mais tranquilo do que o esperado. Sem sua maior arma, o oposto Gavin Schmitt, o Canadá pouco conseguiu fazer. Os erros ainda estavam ali, mas já não eram tão frequentes. Sem sustos, o Brasil afastou qualquer tropeço ao vencer o Canadá por 3 sets a 0, parciais 25/22, 25/17 e 25/11, pela segunda rodada da etapa brasileira da Liga Mundial, neste sábado, em São Bernardo do Campo.

Neste domingo, o desafio será mais complicado. Para se manter com chances de ir à fase final da Liga, a seleção enfrenta a Polônia, que venceu os dois confrontos anteriores, na briga pela liderança do grupo B. A partida será às 10h, no ginásio Adib Moyses Dib e terá transmissão ao vivo da TV Globo e acompanhamento do GLOBOESPORTE.COM em Tempo Real.

vôlei sidão ricardinho murilo brasil canadá (Foto: Wander Roberto / Vipcomm)Brasil passa fácil pelo Canadá e encara a Polônia neste domingo (Foto: Wander Roberto / Vipcomm)

Após a vitória contra a Finlândia, o discurso era de que a seleção não poderia oscilar tanto no início dos jogos. E, ao contrário da partida de sexta-feira, o Brasil, com Thiago Alves e Rodrigão em quadra, começou melhor. Logo de cara, abriu 2/0, em dois pontos de bloqueio de Sidão. O central, aliás, entrou em quadra inspirado. Depois de bela largadinha, fez 5/2 para os donos da casa. O Canadá, por outro lado, parecia sentir a falta do oposto Gavin Schmitt, segundo maior pontuador da Liga, poupado por um problema no quadril. No primeiro tempo técnico, a seleção brasileira vencia por 8/6.

A falta de entrosamento, porém, ainda era nítida. Alguns erros de posicionamento e ataque fizeram o Canadá encostar. Mas o Brasil seguia melhor. Abriu 15/11 depois de ótimo ataque de Wallace, que havia ficado duas vezes no bloqueio canadense. Murilo, mal contra a Finlândia, também cresceu de rendimento. Serginho foi buscar uma bola praticamente perdida, que resultou em mais um ponto de Wallace, incendiando o ginásio. Dali para o fim, apesar dos constantes erros de recepção, foi só administrar a vantagem. Théo errou um ataque, mas levou sorte e fechou o set: 25/22.

vôlei wallace brasil canadá (Foto: Wander Roberto / Vipcomm)Wallace foi um dos destaques do passeio do Brasil
sobre o Canadá (Foto: Wander Roberto / Vipcomm)

Com dois bloqueios, o Canadá começou o segundo set na frente. O Brasil ainda errava muitos ataques, mas conseguiu se recuperar. Após ataques de Wallace e Thiago Alves, o Brasil foi para o primeiro tempo técnico em vantagem (8/6). Ricardinho, em largadinha genial, fez o Brasil chegar a 10/8. Mas, depois de um ataque para fora de Wallace, os canadenses assumiram a dianteira no placar: 11/10.

Wallace se recuperou com dois pontos em sequência, um deles em pura sorte, ao contar com a falha do bloqueio canadense. O Brasil tinha problemas para superar a defesa rival e para parar os ataques de Winters e Soonias. Mas, na marra, conseguiu abrir vantagem mais uma vez (21/16). Depois ficou fácil. Murilo explorou o bloqueio para fechar em tranquilos 25/17.

O terceiro set foi ainda mais tranquilo. Sem dar chances ao Canadá, o Brasil abriu 8/1 com extrema facilidade. Os rivais tentaram equilibrar o jogo, mas pouco conseguiram fazer. No fim, Théo arrancou o 24º ponto com uma pacanda para, em seguida, Sidão fechar a tampa em 25/11.

Anúncios

faça já seu COMENTÁRIO!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s