Brasil não aceita mais Jérôme Valcke como interlocutor da Fifa

639c635b7ff13605f495e7b52ac75445.jpg

Foto: Agência Brasil

O governo brasileiro não quer mais que o secretário-geral da Fifa, o francês Jérôme Valcke, seja o interlocutor nos preparativos da Copa do Mundo de futebol de 2014, afirmou neste sábado (3) o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo.

“O governo não aceitará mais o secretário-geral como interlocutor da Fifa”, afirmou Rebello em coletiva de imprensa, no dia seguinte em que Valcke assinalou que os organizadores do Mundial precisam de “um pontapé na bunda” para avançar com a organização do evento.

“A interlocução do governo (brasileiro) não pode ser através de quem emite declarações intempestivas”, destacou o ministro, ao enfatizar que as palavras de Valcke foram “impertinentes e fora de lugar, usando expressões desapropriadas para tratar relações de interesse entre a secretaria e o país sede”.

“Não entendo porque as coisas não avançam. A construção dos estádios não está acontecendo dentro dos prazos. Por que será?” – perguntou Valcke numa coletiva de imprensa na véspera, em Bagshot, Inglaterra, no encontro da International Board, organismo que estabelece as regras do futebol.

“Vocês precisam de um impulso, é preciso dar um pontapé na bunda e organizar esta Copa”, criticou o dirigente, que também acusou os brasileiros de estarem mais preocupados em ganhar a competição do que em organizá-la.

Fonte: AFP

Anúncios

faça já seu COMENTÁRIO!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s