A CAPITAL DO NORDESTE SE RENDE À TECNOLOGIA

recife

25recifefredhenrique-vert

Capital do Nordeste, cidade Maurícia ou Veneza brasileira, essas são as várias denominações que a cidade do Recife recebe pela sua mistura eclética e histórica nacional. Uma cidade que teve da cana de açúcar a alavanca necessária para o desenvolvimento econômico, hoje é destaque no cenário internacional em fabricação e desenvolvimento de softwares. Destaca-se por possuir o maior parque tecnológico do Brasil, o Porto Digital; o maior número de consulados estrangeiros fora do eixo Rio-São Paulo, sendo inclusive a única cidade, com exceção de São Paulo e do Rio de Janeiro, que tem consulado dos Estados Unidos; o mais importante polo médico do Norte/Nordeste; o maior PIB per capita entre as capitais da Região Nordeste; uma forte indústria de construção civil: a cidade detém grande número de arranha-céus em comparação a outras capitais do país; e sua região metropolitana, o Complexo Industrial de Suape, que abriga, entre outros empreendimentos, o maior estaleiro do Hemisfério Sul.

Recife é uma cidade que engloba ótimas Universidades como a UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) e a UNICAP (Universidade Católica de Pernambuco), além de ter diversos shopping centers espalhados por toda cidade.

O Recife é berço de escritores, poetas, músicos e vários artistas de muitas formas de expressão. Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto e Carlos Pena Filho são nomes da poesia do Brasil que retrataram o Recife em suas obras. Além da poesia, surgiram no município nomes como Nélson Rodrigues e Gilberto Freyre na literatura, Lenine, Antônio Nóbrega, Robertinho do Recife e Reginaldo Rossi na música, Francisco Brennand, Vicente do Rego Monteiro e Lauro Villares nas artes plásticas, dentre outros.

O município abriga vários museus, centros culturais como por exemplo o Caixa Cultural, Centro Cultural dos Correios e o Centro Cultural Banco Real e instituições voltadas para a promoção de ações artísticas e culturais tais como a centenária Academia Pernambucana de Letras, Academia de Artes e Letras de Pernambuco e o Instituto Ricardo Brennand, um dos mais importantes museus do Brasil, que abriga importante coleção de armaria, gravuras e outras obras de arte abrangendo o período entre a Idade Média e o fim das Invasões holandesas do Brasil, Destacam-se a maior Coleção de pinturas de Frans Post do mundo e as Armaduras Medievais.

Entre os museus têm destaque o Museu do Estado de Pernambuco, que guarda acervo histórico sobre o estado e a cidade, o Museu da Cidade do Recife, que, instalado no Forte das Cinco Pontas, conta boa parte da história do Recife, o museu do Memorial da Justiça, instalado na antiga estação de trem do Brum, o Museu do Homem do Nordeste (idealizado por Gilberto Freyre), e o Museu da Abolição, que foi criado em 1957 pelo governo federal para contar a história dos escravos no Brasil e a abolição.

O Teatro de Santa Isabel é o principal teatro do Recife, compondo importante conjunto arquitetônico e paisagístico na Praça da República com Palácio do Campo das Princesas, Palácio da Justiça e o Liceu de Pernambuco.

O Frevo surgiu no município há mais de cem anos e durante o Carnaval do Recife é o ritmo musical mais comum com blocos como o Galo da Madrugada.

329105625_1df6de8270_b

O Recife foi eleito por pesquisa encomendada pela MasterCard Worldwide como uma das 65 cidades com economia mais desenvolvida dos mercados emergentes no mundo. Apenas cinco capitais brasileiras entraram na lista: São Paulo, que foi a cidade brasileira mais bem colocada, na 12ª posição; Rio de Janeiro (36ª posição); Brasília (42ª); Recife (47ª); e por último Curitiba (49ª). Xangai e Pequim, na China, ocuparam as duas primeiras posições. Para compor o índice que elegeu as cidades com economia mais avançada nos mercados emergentes, foram considerados o ambiente econômico e comercial; crescimento e desenvolvimento econômico; ambiente de negócios; ambiente de serviços financeiros, conectividade comercial; conectividade de educação e TI; qualidade de vida urbana; risco e segurança.

Veja a seguir mais fotos do Recife:

Foto_bairro_recife_sinalizada

pontemnassaudsc01633

pontebmmndsc05782

pontedcoelhodsc01490

EXCLUSIVO PORTAL DO 3ºB – COM INFORMAÇÕES DA WIKIPEDIA E GOVERNO DO RECIFE.

LOGO BETA

MEC quer tablets nas escolas, mas programa anterior que entregou laptops chegou a menos de 2% dos alunos

Quando o computador começou a chegar nas escolas, no final da década de 80, ficava restrito às atividades administrativas. O equipamento começou a ser inserido no cotidiano dos alunos por meio dos antigos laboratórios de informática, ainda sem acesso à internet. Hoje, em plena era digital, a promessa é que, em pouco tempo, os tablets estejam nas mãos dos alunos disputando espaço com o quadro negro, livros e cadernos. Para isso, o Ministério da Educação (MEC) vai lançar este ano um edital para que as redes de ensino possam adquirir o equipamento a custo mais baixo, como fez com os laptops do programa Um Computador por Aluno (UCA).

“Estamos definindo as características do aparelho, vai depender muito inclusive do custo. Não soltamos ainda o edital porque precisa ter uma definição clara dos pré-requisitos do equipamento. Tem que ter acessibilidade, ser resistente e rodar qualquer conteúdo”, explica Sérgio Gotti, diretor de Formulação de Conteúdos Educacionais da Secretaria de Educação Básica do MEC.

Atualmente, cerca de 500 escolas do país contam com os laptops educacionais do UCA. O MEC calcula que 574 mil equipamentos foram adquiridos por meio do pregão do UCA, seja pelo próprio governo federal ou por prefeituras e governos estaduais – o número inclui máquinas que já foram solicitadas e estão a caminho das escolas. Considerando o total de matrículas na rede pública nos ensinos fundamental e médio, o número de estudantes que têm um computador em mãos hoje dentro da sala de aula representa menos de 2% das matrículas – se cada máquina estiver sendo utilizada individualmente, como previa o projeto original. Segundo Gotti, a intenção nunca foi universalizar o programa e levar os laptops a todos os alunos. O ministério defende que os tablets não virão para substituir os laptops, mas complementar as tecnologias existentes nas escolas.

“As políticas na verdade se complementam e a gente espera universalizar a tecnologia unindo os tablets, os laptops e os computadores de mesa. As tecnologias se somam e a gente trabalha com as alternativas disponíveis dentro da melhor realidade de cada ambiente”, explica o diretor do MEC.

O UCA começou a ser pensado em 2005, mas demorou a sair do papel, e as máquinas só chegaram aos estudantes em 2009. Os primeiros computadores foram distribuídos pelo MEC para alguns municípios e na segunda fase as próprias prefeituras adquiriram os aparelhos por meio de um edital organizado pelo governo que reduziu os custos. O governo ainda não decidiu se irá comprar parte dos tablets com recursos próprios e distribuir para as redes de ensino consideradas prioritários pelo baixo desempenho nas avaliações, como ocorreu com o UCA. Mas o edital para que as prefeituras e os governos estaduais possam comprar os equipamentos se tiverem interesse já está sendo produzido.

Às vésperas da chegada de uma nova tecnologia nas salas de aula das escolas brasileiras, ainda não há uma avaliação oficial dos resultados alcançados pelo UCA em termos de melhoria da qualidade do aprendizado. A percepção nas redes de ensino é que o equipamento desperta grande interesse nos alunos e dá mais motivação, diz Gotti.

“A Universidade Federal do Ceará (UFC) está fazendo esse trabalho de avaliação do UCA, mas não há resultados ainda porque faz pouco tempo que os laptops estão em uso. Mas em geral tem-se constatado que há muito interesse por parte dos alunos no uso do computador em sala de aula que foge daquele modelo tradicional do laboratório de informática. Ele traz um ganho em termos de curiosidade desse aluno que pode pesquisar e entender melhor os conteúdos”, explica.

Neste ano, o MEC divulga o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011, indicador que mede a qualidade do ensino oferecido pelas escolas do país e é calculado a cada dois anos. Com esses dados será possível comparar se houve melhoria no desempenho das escolas que receberam os laptops entre 2009 e 2011.

Fonte: Agência Brasil

Wando passa por cirurgia cardíaca e seu estado "é gravíssimo"

O cantor Wando faz temporada no bar da Brahma (17/6/2010)

O cantor Wando, de 66 anos, passou por uma cirurgia cardíaca e está na UTI do hospital Biocor em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte. A informação foi confirmada na manhã desta segunda-feira (30) pela assessoria de imprensa da unidade, que adiantou que o estado de Wando “é gravíssimo”.

Segundo boletim médico divulgado pela assessoria do hospital, Vanderley Alves dos Reis – nome completo de Wando – foi internado na última sexta-feira (27) com problemas cardíacos graves. Ele foi submetido a uma angioplastia coronariana em caráter de urgência para desobstrução das artérias do coração. No momento, está na UTI, sob efeito de sedativos, e respira com ajuda de aparelhos.

“Fantástico” registra 19 pontos de média neste domingo, 29

O “Fantástico” deste domingo registrou uma baixa audiência, devido ao share baixo, mas foi líder isolado no ranking das emissoras.

De acordo com dados prévios da Grande São Paulo, o show da vida global marcou 18.6 pontos de média. No mesmo horário, a Record com o “Domingo Espetacular” foi vice com 11.4 e o SBT, com o “Programa Silvio Santos” ficou em terceiro com 11 pontos.

Vale lembrar que cada ponto no IBOPE representa aproximadamente 60 mil domicílios na capital paulista, dados que servem como referência para o mercado publicitário.

Os índices são prévios e podem sofrer alterações nos consolidados.

Sem sucesso, Globo define o fim da novela “Aquele Beijo”

Sem sucesso de audiência, a novela “Aquele Beijo” chegará ao fim no dia 13 de abril. Diante da baixa audiência, de 26 pontos na Grande São Paulo, a Rede Globo optou por não prolongar a história de Miguel Falabella que chegará ao fim com 155 capítulos. Normalmente, tramas de sucesso, custam ter entre 180 e 210 capítulos no horário das 19h.

É importante deixar claro que “Aquele Beijo” não sai de cena antes do previsto. Estava previsto, desde o começo, que a trama teria 155 capítulos. Só seria esticada, caso alcançasse uma audiência na casa dos 30 pontos.

“Marias do Lar”, de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, substituta de “Aquele Beijo” tem estreia confirmada para o dia 16 de abril. A trama conta com um elenco estelar, entre eles: Taís Araújo, Claudia Abreu, Marcos Palmeira, Isabelle Drummond, Ricardo Tozzi e Leandra Leal.

Com informações do site “O Planeta TV!”.

Unifesp divulga lista de aprovados no vestibular misto de 2012

Mais de 16 mil candidatos se inscreveram para o vestibular; abstenção foi de 15,2% (Foto: Vanessa Fajardo/ G1)

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)  divulgou, na manhã desta segunda-feira (30), a lista de candidatos aprovados no vestibular misto da instituição. A relação da primeira chamada e a lista de espera podem ser consultadas no site da universidade (arquivos em pdf).

A matrícula dos candidatos convocados será feita no dia 9 de fevereiro em dois locais:
– Rua Pedro de Toledo, 650 – 1º. andar – Vila Clementino, das 8h às 12h, para os cursos de ciências biológicas, fonoaudiologia e medicina
– Rua Botucatu, 740, Vila Clementino, das 8h às 12h, para o curso de enfermagem
– Rua Arthur Riedel, 275, Eldorado, Diadema, das 16h às 20h, para todos os cursos

Segundo a Unifesp, quem não comparecer no local, horário e data de matrícula perderá o direito à vaga.

Segunda chamada
Os candidatos relacionados na lista de espera devem declarar seu interesse pelas vagas remanescentes para continuar concorrendo às chamadas seguintes. O período de declaração, feito exclusivamente pelo site
http://vestibular.unifesp.br, começa às 16h do dia 6 de fevereiro e vai até as 16h do dia 8. Quem não declarar o interesse será eliminado do processo de seleção.

A Federal de São Paulo ofereceu, pelo sistema misto de seleção, 478 vagas em sete cursos nos campi de Diadema e São Paulo, disputadas por 16.786 candidatos. O curso mais concorrido foi o medicina, com 115,99 candidatos/vaga pelo sistema universal.

Para concorrer a essas vagas, os estudantes tiveram de obrigatoriamente fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que funcionou como primeira fase do vestibular.

Bombeiros confirmam 1 morto e 2 feridos em explosão no Rio

A assessoria do Corpo de Bombeiros confirmou que uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas em uma explosão na Avenida Rio de Janeiro, na Zona Portuária do Rio, na manhã desta segunda-feira (30). Informações iniciais dos bombeiros eram apenas de que um bueiro havia explodido.

Posteriormente, a assessoria da Companhia Docas, responsável pelo local, informou que a explosão foi em um bueiro de águas pluviais na altura do Armazém 30, na área de operação da Empresa Triunfo Logística. Ainda não se sabe os motivos da explosão. Confira no final desta reportagem a íntegra da nota enviada pela Companhia Docas.

Segundo bombeiros, as vítimas são homens e foram levadas para o Hospital Souza Aguiar, no Centro da cidade, pela ambulância do Cais do Porto.

Procurada pelo G1, a Secretaria municipal de Saúde informou que um homem teve fratura exposta no braço direito e queimadura superficial no rosto. Já o outro ferido, chegou à unidade com o braço imobilizado e para encaminhado para o raio-x.

Já a assessoria da Secretaria municipal de Conservação e Serviços Públicos explicou que o local da explosão não fica numa via pública e por isso não seria de responsabilidade da prefeitura.

Homens dos quartéis de Benfica e Caju estão no local da explosão.

Veja a íntegra da nota da Cia. Docas:
“A explosão na manhã desta segunda-feira no Porto do Rio aconteceu em um bueiro de águas pluviais, localizado no armazém 30, área de operação da Triunfo Logística. Um trabalhador da Triunfo morreu e outros dois ficaram feridos e foram encaminhados pela ambulância do OGMO (órgão Gestor de Mão de Obra) para o Hospital Souza Aguiar. Ainda são desconhecidas as causas da explosão.”