Após o lançamento do iTunes Brasil, venda de músicas digitais dobrou

itunes

iTunes Brasil (Foto: Divulgação)

Segundo a empresa, ao final da primeira semana de operação da loja no Brasil, 55% do faturamento via iTunes tinha origem na filial brasileira da loja virtual da Apple. O sucesso está diretamente vinculado à larga base de consumidores que a Apple arregimentou com seus dispositivos portáteis, todos ligados ao iTunes. Além disso, é possível comprar conteúdo da loja mesmo sem um iGadget no bolso.

No catálogo da distribuidora figuram Chitãozinho & Xororó e Erasmo Carlos, mas também nomes que despontaram na cena independente como Karina Buhr, Lulina, Bruno Morais, além de Autoramas e Kassin, dentre outros.

Para o CEO da ONErpm, Emmanuel Zunz, há uma sensível mudança de cultura em andamento. Se antes o mercado fonográfico brasileiro era pavimentado pela pirataria, agora surge um potencial novo a ser explorado na distribuição de música no formato digital. “Como a maioria de nosso catálogo é brasileiro, isso indica que o mercado de downloads e música digital está amadurecendo e o consumidor está disposto a comprar”, afirma.

Anúncios

faça já seu COMENTÁRIO!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s