Narcisa é a mais pobre do “Mulheres Ricas”, diz Val Marchiori

Lydia Sayed, Val Marchiori e Brunete Fraccaroli durante gravação do reality show "Mulheres Ricas" na Casa Cor Trio

Confinamento de cantores, de obesos, de misses, de pessoas que querem ser famosas e que já são famosas.

Nenhum reality show da TV foi tão excêntrico como “Mulheres Ricas”, que dissecará a dura rotina das endinheiradas Val Marchiori, Narcisa Tamborindeguy, Lydia Sayed, Brunete Fraccaroli e Débora Rodrigues.

Formato da Cuatro Cabezas, a produção estreia no dia 2, na Band.

Folha acompanhou a gravação do reality durante o Casa Cor Trio, realizado no Jockey Club de São Paulo.

A arquiteta Brunete Fraccaroli era uma das expositoras do evento e recebeu as amicíssimas Lydia Sayed e Val Marchiori em seu estande.

“Parece que no Brasil é proibido ser rico. As pessoas não veem com bons olhos o fato de uma pessoa ter mais dinheiro”, afirma Brunete.

“Cada uma tem sua peculiaridade e um jeito próprio de gastar o dinheiro”, diz Val.

Sem papas na língua, a paranaense não poupa críticas às outras integrantes.

“A Narcisa é uma pessoa muito carente e a mais pobre das mulheres. Em uma gravação no Rio, ela quis me jogar do helicóptero. Tenho família e filhos. Preciso me cuidar com aquela louca falida.”

A todo momento, elas exigiam champanhe, retocavam a maquiagem, paparicavam a produção. “O programa devia se chamar ‘Mulheres Malucas'”, diz Brunete.

Se der certo, a “maluquice”, que já tem versões na Espanha e em Portugal, pode ganhar vida longa no Brasil.

Anúncios

faça já seu COMENTÁRIO!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s